PUBLICIDADE
Notícias

STF precisava de figura harmoniosa no lugar de Joaquim Barbosa, diz Marta

20:50 | 16/06/2015
A senadora Marta Suplicy (sem partido - SP) elogiou o novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, e disse que a Corte "precisava de alguém com essa figura harmoniosa, principalmente no lugar do Joaquim Barbosa", após a cerimônia de posse. Fachin assume a vaga aberta pela aposentadoria de Barbosa, que deixou o Tribunal oficialmente em julho do ano passado e ficou conhecido por protagonizar discussões e polêmicas com colegas do STF e também com advogados.

"Fachin é uma pessoa de bom senso, equilibrado. Faz falta ter um perfil agregador e não desagregador", afirmou Marta. As dificuldades enfrentadas por Fachin para conseguir a aprovação no Senado, segundo a senadora, foram o "preço" pago por posturas de uma pessoa "moderna, do século XXI". "Ele será um dos grandes juristas. A votação dele no plenário foi muito forte e aqui, hoje, a presença é maciça. Nunca teve uma posse com tanta presença", disse a senadora.

Marta Suplicy elogiou o plenário do Supremo, dizendo que o Tribunal se posicionou "muito bem" nas últimas questões, inclusive na questão das biografias. "Só temos aplausos (ao Supremo) e ele entra nesse espírito moderno e ao mesmo tempo agrega uma grande bagagem jurídica e uma personalidade com características muito importantes para uma Corte", afirmou.

Cardozo

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, voltou a dizer após a posse que Fachin é um homem que está "à altura dos desafios que uma Corte como o STF exige" e destacou que a presidente Dilma Rousseff demorou para indicar o 11º ministro da Corte pois analisou "muitos nomes" e "agiu com acuidade".

TAGS