PUBLICIDADE
Notícias

Secretária de Saúde de Canindé é afastada do cargo

16:17 | 13/05/2015
A secretária da Saúde de Canindé (a 120,2 quilômetros de Fortaleza), Aline Macedo de Oliveira Granjeiro, deve se afastar do cargo por decisão judicial da 2ª Vara da Comarca de Canindé. A Justiça reconheceu irregularidades na nomeação da secretária porque ele teve sua prestação de contas rejeitada pelo Tribunal de Contas dos Municípios e foi julgada ímproba.

A decisão resulta de Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) no dia 6 de maio. O juiz Antonio Josimar Almeida Alves determinou que o prefeito Celso Crisóstomo se abstenha de nomear a secretária para qualquer outro cargo ou função de confiança sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil a ser cobrado sobre o valor do patrimônio pessoal do gestor.
[SAIBAMAIS 2]
Desde 2014, o MPCE investiga irregularidades na contratação de secretários em Canindé. Em 9 de setembro do ano passado, o então secretário do Meio Ambiente, Heitor de Paula Menezes Neto foi exonerado do cargo, mas Aline Macedo foi mantida, contrariando recomendação do MPCE.

O POVO Online tentou contato com a Prefeitura de Canindé e com o prefeito Celso Crisóstomo, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta matéria.

Redação O POVO Online
TAGS