PUBLICIDADE
Notícias

PT propõe articular ampla frente de partidos, centrais e movimentos sociais

21:10 | 30/03/2015
O manifesto divulgado na noite desta segunda-feira pelo PT propõe que o partido lidere uma frente ampla de partidos e movimentos sociais de esquerda que promova debates e mobilização de defesa do governo. A ideia vem sendo discutida no PT desde o segundo turno das eleições presidenciais, quando movimentos sociais e partidos de esquerda se uniram em torno da candidatura de Dilma Rousseff, que travava uma disputa acirrada com o tucano Aécio Neves.

No manifesto, o PT propõe ainda o aprofundamento da reforma agrária e informa que vai orientar a bancada para que se vote a taxação de grandes fortunas e a aprovação do projeto apresentado pelo senador Roberto Requião (PMDB) que oferece "direito de resposta ou retificação do ofendido por matéria divulgada, publicada ou transmitida por veículo de comunicação social". Outro ponto abordado pelo PT a reforma educacional, que transformará o País na "verdadeira pátria educadora", diz o texto, citando o slogan do segundo governo Dilma.

TAGS