PUBLICIDADE
Notícias

Delcídio diz que tentará levar Tombini à CAE na terça-feira

14:10 | 10/03/2015
O senador Delcídio Amaral (PT-MS), eleito nesta terça-feira, 10, para presidir a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), disse querer trazer o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para uma audiência na comissão na próxima terça-feira, dia 17, mas que isso dependerá da disponibilidade de agenda do ministro. Ele afirmou também que sua disposição é de trazer, na sequência, os ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Fazenda, Joaquim Levy, para falarem na CAE.

Delcídio argumentou que é um procedimento regimental que os ministros venham à CAE prestar esclarecimentos e que, principalmente neste "momento importante" - disse em relação às decisões de ajuste fiscal -, será bom ter esse diálogo.

Questionado pelo Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, sobre a sabatina dos novos diretores do BC - Tony Volpon, indicado para a Diretoria de Assuntos Internacionais, e Otávio Ribeiro Damaso, indicado para a Diretoria de Regulação -, Delcídio sinalizou uma preocupação em trazer os diretores para serem sabatinados e aprovados pelos senadores em um momento conturbado da política nacional.

"Achamos conveniente (esperar), porque eles queriam já atropelar. Vamos trazer depois em função do clima, que não é bom. E como é votação secreta, tem que trabalhar bem isso. Às vezes vêm pessoas aqui extremamente competentes, mas por causa de questões políticas o cara é derrotado aqui no voto. Então, temos que tomar cuidado para não queimar as pessoas", explicou Delcídio, que disse já ter se reunido com os novos diretores apontados por Levy na semana passada.

Volpon e Damaso precisam ser sabatinados e aprovados na CAE e no plenário do Senado para poderem assumir os cargos.

TAGS