PUBLICIDADE
Notícias

PGE recomenda aprovação das contas da candidata Dilma Rousseff com ressalvas

Ainda que os ministros do TSE aprovem as contas da presidenta Dilma com as ressalvas recomendadas pela PGE, a decisão não impedirá sua diplomação, marcada para o próximo dia 18.

17:33 | 10/12/2014

Em dois pareceres divulgados hoje (10), a assessoria técnica da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) recomenda a aprovação, com ressalvas, da prestação de contas da candidata reeleita Dilma Rousseff. As contas são referentes às eleições de 2014.

Os técnicos da PGE analisaram o relatório da assessoria responsável pelo exame das contas eleitorais e partidárias do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que pediu a rejeição das contas de Dilma e do seu vice, Michel Temer. A prestação de contas da presidenta reeleita deve ser analisada na sessão plenária do TSE de amanhã (11).

Em relação a campanha de Dilma Rousseff, os técnicos analisaram falhas de natureza formal (descumprimento de normas técnicas), impropriedades (descumprimento de obrigações de natureza eleitoral, mas que, isoladas, não comprometem a prestação de contas) e irregularidades (descumprimento de obrigações eleitorais de maior gravidade). Conforme os documentos, as falhas não comprometem a regularidades das contas.

Ainda que os ministros do TSE aprovem as contas da presidenta Dilma com as ressalvas recomendadas pela PGE, a decisão não impedirá sua diplomação, marcada para o próximo dia 18.

 

Agência Brasil

TAGS