PUBLICIDADE
Notícias

Justiça nega recurso e prefeito de Madalena segue afastado do cargo

A Justiça entendeu que não é crível que Zarlul Kalil Filho desconhecesse "descalabro administrativo tão generalizado". Ele e mais 27 foram afastados em novembro

14:33 | 11/12/2014
O prefeito de Madalena, Zarlul Kalil Filho, segue afastado de suas funções como gestor. Essa foi decisão do desembargador Francisco Gladyson Pontes, que negou recurso interposto pela defesa do prefeito.  Na decisão, o desembargador pontificou que “é demasiado inverossímil que o descalabro administrativo tão generalizado não estivesse sob o controle finalístico e não fosse da ciência do Prefeito Municipal”. Com a decisão, Kalil deve segue com seu afastamento de 180 dias.

[SAIBAMAIS 1]Zarlul Kalil e os outros 27 agentes públicos (incluindo a primeira dama, o procurador-geral do Município e todo o primeiro escalão da atual gestão municipal), foram dia 25 de novembro, em decorrência da operação “Caixa Preta”, realizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará e a Polícia Civil. Eles tiveram o sigilo bancário e fiscal quebrados, bem como os bens móveis e imóveis indisponibilizados por conta de supostas fraudes em licitação, que totalizam aproximadamente R$ 7 milhões.

Redação O POVO Online com informações da assessoria do TJCE
TAGS