PUBLICIDADE
Notícias

Ex-prefeito e seis ex-secretários de Jardim são denunciados por desvio milionário

15:35 | 17/12/2014
O ex-prefeito interino do município de Jardim, João Cláudio Brito Coutinho, seis ex-secretários municipais e outras quatro pessoas entre familiares e empresários foram denunciadas pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal, acusados de desviar R$ 8,89 milhões em dinheiro público.

O MPF em Juazeiro do Norte ajuizou ação de improbidade administrativa e ação penal contra os acusados. Segundo as ações, no período de julho a setembro de 2011, o então presidente da Câmara de Vereadores da Cidade, João Cláudio Brito Coutinho, assumiu a administração municipal em razão da cassação do mandato do então prefeito. Na época, afirma o MPF, foram realizados desvios de recursos de diversas áreas, especialmente da Educação, além da malversação de dinheiro federal de diversos programas.

A partir das investigações do MPF, que duraram cerca de três anos, foi identificada a falsificação de documentos públicos, pagamentos sem licitação e contratos, apropriação de contribuições previdenciárias descontadas dos servidores e não repassadas ao INSS, e diversas operações para lavagem do dinheiro.

O órgão propôs ação penal por crime de responsabilidade por apropriação e desvio de recursos públicos, crime de realização de despesa não autorizada e em desacordo com as normas financeiras, falsificação de documentos, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Pelos mesmos fatos, também foi proposta pelo MPF em Juazeiro do Norte ação de improbidade administrativa.

O POVO Online não conseguiu localizar o ex-prefeito interino João Cláudio Brito Coutinho.

Redação O POVO Online
TAGS