PUBLICIDADE
Notícias

Ciro Gomes critica Dilma e diz que não descarta se candidatar a Presidente da República

18:03 | 19/12/2014

O ex-ministro e atual secretário de Saúde do Ceará, Ciro Gomes (Pros), fez críticas a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), de quem é aliado política e falou sobre seus planos para o futuro na política. O irmão do governador Cid Gomes (Pros) participa nesta sexta-feira, 19, da diplomação dos candidatos eleitos em 2014, dentre eles o governador eleito Camilo Santana (PT).

Ciro disse que Dilma o tem decepcionado com as primeiras ações de seu segundo mandato. “Conservadorismo, incompetência e parece que ela está se comprometendo com valores que ela derrotou com a força do povo”, criticou. Ciro e Dilma foram ministros no primeiro mandato do ex-presidente Lula. Os irmãos Ferreira Gomes trabalharam no Ceará pela reeleição da petista.
[SAIBAMAIS 1]
Sobre seu futuro político, Ciro afirmou que deve “dar um tempo” a partir de 2015, quando chega ao fim sua gestão à frente da Secretaria da Saúde. No entanto, ele disse que não descarta voltar a ser presidente da República porque “está muito preocupado com o futuro do País”.

Em 1998 e 2002, Ciro disputou a presidência. Em 1998, foi o terceiro mais votado, atrás dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso. Em 2002, ficou em quarto lugar.

Redação O POVO Online
com informações do repórter Carlos Mazza
TAGS