PUBLICIDADE
Notícias

Cid defende adoção de currículo nacional único no ensino fundamental

Na entrevista para a rádio CBN, o governador voltou a afirmar que o ensino médio é o setor que mais demandará atenção durante sua gestão

13:10 | 24/12/2014

Confirmado para assumir o Ministério da Educação, o governador do Ceará, Cid Gomes, defendeu a adoção do currículo nacional único no ensino fundamental, em entrevista exclusiva concedida à rádio CBN, na manhã desta quarta-feira, 24.

"No ensino fundamental, eu defendo... mas aí vem as polêmicas. Não sou dono da verdade e nem especialista em educação. Sou engenheiro, mas quero melhorar a educação no Brasil. O ensino fundamental precisa de um currículo único e metas claras. O grande desafio será melhorar a qualidade (do ensino fundamental), já que não há ninguém não matriculado por falta de vaga", disse Cid.

Na entrevista, o governador voltou a afirmar que o ensino médio é o setor que mais demandará atenção durante sua gestão na pasta. "O ensino médio será o mais desafiador. O crescimento do ensino médio não tem ocorrido de uma forma regular. Temos que ter currículos diferenciados para atender as vocações dos nossos jovens. Está muito superficial. Precisamos aprofundar e especificar mais esses currículos", afirmou. Conforme O POVO publicou nesta segunda-feira, passados oito anos de gestão, 93% dos alunos terminam o ensino médio com deficiência em matemática. Só 9% deixam a escola com proficiência em português.

O governador também afirmou que apoiará a ampliação da oferta de matriculas em tempo integral, principalmente nas sextas, sétimas, oitavas e nonas séries. Cid comentou ainda sobre um exame nacional para professores e disse ter ‘simpatia’ pela ideia.

Redação O POVO Online

TAGS