PUBLICIDADE
Notícias

Oposição a Camilo cria bloco para próxima legislatura

A ideia não seria fazer "oposição raivosa". O grupo conta com parlamentares de sete legendas

15:51 | 12/11/2014
NULL
NULL

Se seguem uma incógnita as movimentações do governador eleito Camilo Santana (PT), a oposição a sua gestão já dá os primeiros passos. Ontem, em almoço com diversos parlamentares que estarão presentes na Assembleia Legislativa no próximo ano, foi formado o “bloco independente”, unindo 13 nomes. Segundo o deputado Danniel Oliveira (PMDB), o objetivo é “cobrar as promessas de campanha” de Camilo. “Onde houver desmandos, nós vamos criticar”, declara.

De acordo com o deputado, o grupo - que reúne membros do PMDB, PV, PSDB, PSDC, PPS, DEM e PR - não pretende fazer o que ele chama de “oposição raivosa”, podendo haver pontos de convergência entre governistas e o bloco. "Das matérias apresentadas na semana passada, nós votamos a favor de 70% delas", exemplificou.

O grupo, segundo o parlamentar, tem o senador Eunício Oliveira (PMDB), o senador eleito Tasso Jereissati (PSDB) e o ex-prefeito de Maracanaú Roberto Pessoa (PR) como três lideranças que dão base “para que a gente possa nos escorar politicamente”. De acordo com o deputado Oliveira, as urnas fizeram de Eunício “um dos líderes da oposição”. Ele afirma que não acredita que isso vá ser interpretado como uma extensão da disputa de outubro.

 

Redação O POVO Online

TAGS