PUBLICIDADE
Notícias

Correção: executivo da Mendes Júnior deve se entregar

18:50 | 14/11/2014
A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. O vice-presidente da construtora Mendes Júnior, Sérgio Cunha Mendes, não foi preso pela manhã, apesar do mandado de prisão já expedido. Ele deve se entregar ainda hoje. Segue texto corrigido:

A Polícia Federal deve prender ainda nesta sexta-feira, 14, o vice-presidente da construtora Mendes Júnior, Sérgio Cunha Mendes. A prisão do executivo já está acertada desde a manhã de hoje e, segundo fontes da investigação, ele está viajando para Curitiba (PR) onde deve se entregar à PF. Pela manhã, policiais fizeram buscas na sede da Mendes Júnior, em São Paulo, e também vasculharam endereços da Odebrecht e de seus executivos.

As ações fazem parte da sétima fase da Operação Lava Jato, deflagrada hoje. Executivos das duas empresas são suspeitos de pagar propina a dirigentes da Petrobras em troca de contratos superfaturados em obras da estatal. Parte dos recursos do esquema era direcionada a partidos da base aliada do governo, entre eles o PT e o PMDB, segundo o inquérito.

TAGS