PUBLICIDADE
Notícias

Vídeo com voz falsa de Lula pede voto no CE

10:20 | 01/10/2014
Na reta final do 1º turno, começou a circular nas redes sociais um vídeo falso que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedindo votos para Camilo Santana, candidato do PT ao governo cearense com o apoio dos irmãos Cid e Ciro Gomes. Tudo normal, se não houvesse um compromisso assumido por Lula e pela presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, de neutralidade no Ceará, onde o adversário petista é o senador Eunício Oliveira (PMDB), da base aliada nacional.

O material chegou a ser compartilhado nesta terça-feira, 30, na página oficial do PROS-CE no Facebook, mas foi retirado no início da tarde, logo após a coordenação da campanha ter sido procurada pela reportagem do Estado.

No vídeo, Lula aparece dizendo o seguinte texto: "Meus amigos e minha amigas, Camilo Santana é a grande novidade nessas eleições para governador. Ele ajudou a resolver muitos problemas como deputado estadual. Pelo seu passado, pela competência que tem, ele tem tudo para ser um grande governador. Em cinco de outubro, vote 13, Camilo Santana".

A voz do ex-presidente é imitada quando o nome do candidato petista é citado. A assessoria do ex-presidente informou que a voz dele foi adulterada quando é mencionado o nome do candidato e que Lula não gravou nenhum vídeo de apoio a Camilo Santana.

Eunício, que é da base aliada da presidente Dilma Rousseff, conta com a neutralidade das duas maiores personalidades petistas na campanha cearense. Mesmo liderando nas pesquisas, Eunício vem sendo ameaçado na disputa por Camilo, que tem crescido nas pesquisas de intenção de voto, impulsionado pelos irmãos Gomes e por colar sua imagem na da presidente Dilma, que tem quase 60% da preferência dos eleitores cearenses.

A coordenação da campanha petista disse desconhecer o material e que iria apurar de quem teria sido a responsabilidade do compartilhamento no Facebook do PROS cearense, mas não deu retorno até o fechamento desta reportagem.

Em 23 de setembro, a voz de Lula foi imitada na campanha eleitoral goiana. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proibiu que o candidato ao Senado Aguimar Jesuíno da Silva (PSB) usasse um imitador da voz do ex-presidente, pedindo votos para a presidenciável Marina Silva.

Ciro

Anteontem à noite, no primeiro ato de campanha de Cid após o governador se licenciar oficialmente do cargo, seu irmão, Ciro (PROS) não poupou ataques a Eunício. Discursando para centenas de prefeitos e correligionários, o ex-ministro chamou Oliveira de "Pinóquio mentiroso", de "pilantra, frouxo e covarde", além de afirmar que o peemedebista "chantageia" a presidente Dilma Rousseff (PT).

Em encontro com evangélicos, o senador afirmou que vai processar Ciro. "Fica acordando criança de madrugada para dizer desaforo. Esse pode roubar tudo, mas a minha honra ele não vai roubar. A esse vou responder com processo", disse o candidato do PMDB. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

TAGS