Participamos do

Sem-terra protestam e ocupam sedes do Incra em SP

10:40 | Out. 20, 2014
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
Integrantes da Frente Nacional de Lutas Campo e Cidade (FNL) ocuparam na manhã desta segunda-feira, 20, os escritórios do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em São Paulo e em quatro cidades do interior. A frente, liderada por José Rainha Júnior, ex-integrante do Movimento dos Sem-Terra (MST), reivindica a obtenção de áreas para novos assentamentos no Estado e mais apoio às famílias assentadas.

Além da capital, os sem-terra invadiram as unidades de Andradina, Iaras, Bauru e Promissão. As ocupações ocorreram após marcha dos sem-terra de quatro dias por rodovias do oeste paulista. De acordo com Rainha Junior, um convênio entre o Incra e o Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp), órgão do governo estadual, assinado em fevereiro para a retomada de áreas devolutas no Pontal do Paranapanema não saiu do papel. Enquanto isso, 1,5 mil famílias estão em barracos de lona à beira de rodovias.

A assessoria do Incra em São Paulo confirmou a ocupação na capital que e estava em negociações com os sem-terra. Em razão da invasão da superintendência, ainda não era possível confirmar, segundo a assessoria, a situação nas outras unidades do Estado.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente