PUBLICIDADE
Notícias

Pela décima sexta vez em dois meses, sessão da Câmara cai por falta de vereadores

Com 14 dos 43 vereadores disputando eleição deste ano, tem sido difícil "disputar a atenção" dos parlamentares e evitar que o plenário acabe vazio

13:05 | 01/10/2014
NULL
NULL
Pela décima sexta vez desde a volta do recesso de julho, trabalhos da Câmara Municipal de Fortaleza foram novamente suspensos nesta quarta-feira, 1º, pela ausência de vereadores no plenário da Casa. Desde a retomada da agenda do Legislativo, em 1º de agosto, foram derrubadas 16 das 26 sessões, mais da metade do total.

Até às 11h desta segunda, apenas pouco mais de dez vereadores haviam confirmado presença na Casa. O número mínimo de parlamentares para a votação de matérias é de 22 vereadores. As suspensões ocorrem apesar de o presidente da Câmara, Walter Cavalcante (PMDB), ter proposto mobilização para evitar esvaziamento durante o período eleitoral.

[SAIBAMAIS 1]Com 14 dos 43 vereadores disputando mandatos na eleição deste ano, no entanto, tem sido difícil “disputar a atenção” dos parlamentares e evitar que o plenário acabe vazio. Sessão desta quarta atingiu pico máximo de 18 presenças.

Segundo dados do departamento legislativo da Câmara, caíram em setembro as sessões dos dias 25, 24, 17, 9, 4 e 3. Já em agosto, a falta de vereadores no plenário provocou queda das sessões dos dias 28, 26, 20, 19, 13, 12, 7, 6 e 5.

Assembleia

Não é só a Câmara Municipal que vem tendo dificuldade em manter sessões com o avanço da campanha eleitoral. Na manhã desta terça-feira, 30, sessão da Assembleia também foi derrubada por falta de quórum.

Redação O POVO Online

TAGS