PUBLICIDADE
Notícias

Padilha diz que não tem medo de falar sobre corrupção

14:40 | 01/10/2014
Após ter que defender correligionários acusados de corrupção no debate realizado na terça-feira, 30, pela TV Globo, o candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, disse nesta quarta-feira, 1, que não tem medo de falar sobre o tema durante a campanha e afirmou torcer para que o atual governador Geraldo Alckmin (PSDB) se disponha à discussão do tema.

"Estou torcendo para o governador querer discutir corrupção, porque eu vou mostrar os instrumentos que o governo federal e o prefeito (de São Paulo, Fernando) Haddad, construíram para combater a corrupção", disse. Assim como fez no debate televisivo, Padilha disse que a corrupção no governo estadual é uma das responsáveis pelo atraso nas obras de trem e metrô. "O PSDB conviveu 15 anos com o esquema de corrupção no metrô e no trem. Atacando também a crise hídrica, Padilha disse ainda estar "com sede, não só de água, mas também de debate".

No confronto na Globo, Alckmin tentou rebater as acusações de Padilha, mas teve seu direito de resposta negado. No entanto, assim que teve a palavra, ironizou: "O povo brasileiro sabe, sim, quem convive com a corrupção", afirmou.

Padilha cumpre agenda de campanha nesta quarta-feira no Grajaú, zona sul da capital paulista, acompanhado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

TAGS