PUBLICIDADE
Notícias

No RS, Serra fala de 'clima de vitória' de Aécio Neves

20:40 | 21/10/2014
O senador eleito por São Paulo, José Serra, desconsiderou os resultados das últimas pesquisas que deram a presidente Dilma Rousseff numericamente à frente do candidato tucano, Aécio Neves, pela primeira vez neste segundo turno. Em visita a Porto Alegre para fortalecer a campanha do PSDB, Serra afirmou que as pesquisas são apenas "uma aproximação".

"Não é isso que eu sinto nas ruas. O que eu sinto é um clima de vitória", garantiu."O PT bateu no teto e eles sabem disso. Eles sabem que o Brasil quer mudar. E mudar significa desalojados do poder".

Serra acompanhou o candidato do PMDB ao governo gaúcho, José Ivo Sartori, em uma caminhada e um rápido comício no centro de Porto Alegre e lembrou que o peemedebista, que declarou apoio a Aécio, mesmo contrariando a executiva nacional, está com 53% das intenções de voto. Aécio tem apenas 49% no Estado. "Acredito que vai acontecer uma onda aí", disse Serra.

O senador eleito defendeu ainda que não há uma divisão no País, apesar de as pesquisas apontarem resultados muito próximos de Dilma e Aécio, dentro da margem de erro. "Isso é fabricado. O PT procura fomentar essa ideia de divisão para faturar votos, mas isso não é real. É um investimento do PT na discórdia nacional", disse.

TAGS