PUBLICIDADE
Notícias

Não me arrependo de apoiar Skaf e Padilha, diz Temer

11:20 | 05/10/2014
O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), disse neste domingo, 05, não se arrepender de apoiar os candidatos peemedebista Paulo Skaf e o petista Alexandre Padilha ao governo do Estado. Na avaliação dele, as duas candidaturas foram "úteis" para tentar provocar um segundo turno contra o governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição.

"A soma dos dois pode dar eventualmente o segundo turno. É isso que nós esperamos", afirmou em entrevista antes de votar na PUC, no bairro Perdizes, na capital paulista. Ele reconheceu que, como mostram as pesquisas, Skaf tem mais chances de chegar ao segundo turno. "Não me arrependo (de ter apoiado os dois). Foi útil", disse.

Presidência

Temer evitou avaliar qual candidato seria mais fácil para enfrentar no segundo turno para presidente: se Aécio Neves (PSDB) ou Marina Silva (PSB). Segundo ele, "seja quem for, vamos enfrentar e vencer". Ele fez questão de ponderar, contudo, que acredita ser possível a vitória dele e de Dilma ainda no primeiro turno.

TAGS