PUBLICIDADE
Notícias

MP dará novos detalhes sobre caso "A Onde É"

O parlamentar está preso desde 26 de setembro, quando foi detido acusado de sacar dinheiro de um assessor

08:33 | 15/10/2014
Novos detalhes sobre caso envolvendo o vereador Antônio Farias de Sousa – o A Onde É (PTC) – serão revelados em entrevista às 14h desta quarta-feira, 15. O evento foi convocado agora há pouco pelo Ministério Público do Estado (MP-CE), responsável pelo caso. O parlamentar está preso desde 26 de setembro, quando foi detido acusado de sacar dinheiro de um assessor.

Segundo comunicado do MP, o evento desta quarta prestará esclarecimentos sobre as providências relacionadas ao caso. Na ocasião, estarão presentes membros da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) e da 18ª Promotoria de Justiça Criminal do MP-CE.

[SAIBAMAIS 3]A Onde É já teve dois pedidos de habeas corpus negados na Justiça. Atualmente, o vereador também é investigado por suposto desvio da Verba de Desempenho Parlamentar (VDP) da Câmara Municipal. Ele é acusado de “cobrar pedágio” sobre salário de assessores de seu gabinete na Casa.

O advogado Leandro Vasquez afirmou que houve um “erro de interpretação” na prisão do parlamentar. Segundo ele, o assessor, chamado Juarez, e um amigo em comum com o vereador, chamado Pedro, estavam na agência, onde o assessor emprestaria dinheiro para o amigo retirar uma moto detida. A Onde É teria sido chamado por ambos e, quando chegou ao local, houve a abordagem policial.

Redação O POVO Online
com informações do MP-CE

TAGS