PUBLICIDADE
Notícias

Ministério da Defesa garante urnas em áreas isoladas

15:00 | 04/10/2014
Parte dos 506.724 eleitores do Acre vota em áreas isoladas. Nessas regiões, só se tem acesso por meio dos rios, avião ou helicóptero. Por isso, o ministério da Defesa conclui neste sábado, 4, o transporte de urnas para essas comunidades.

São regiões muito remotas e afastadas dos grandes centros. Ao menos quatro municípios (Santa rosa, Jordão, Marechal Thaumaturgo e Porto Walter) o acesso só é feito por barcos ou aeronaves. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, o Acre possui 101 seções eleitorais situadas em áreas de difícil acesso.

Em 77 comunidades isoladas, a transmissão de dados ocorre via satélite. Estão incluídas nessas áreas isoladas, comunidades ribeirinhas, reservas extrativistas, seringais e aldeias indígenas. Em 42 dessas comunidades só se tem acesso de helicóptero.

Rio Branco concentra 232.073 eleitores (aproximadamente 45,9% do eleitorado do estado). O segundo maior colégio eleitoral é Cruzeiro do Sul, com 51.483 eleitores. Sena Madureira é o terceiro maior colégio eleitoral com 25.966.

O TRE treinou 36 mesários para fazer a transmissão de dados a partir de notebooks com antenas adaptadas especificamente para o envio das informações sobre o voto dos eleitores.

Desde quinta-feira, 2, esses profissionais já foram deslocados para os locais de votação. A operação de transporte dessas urnas ocorre desde o dia 30.

TAGS