PUBLICIDADE
Notícias

Internauta que divulgou vídeo com imitador de Lula nega envolvimento de coligação petista

Em contato com O POVO, ele nega má fé e afirma ter apenas republicado, em tom de brincadeira, vídeo que achou nas redes sociais.

11:23 | 01/10/2014

Após repercussão de montagem onde imitador do ex-presidente Lula (PT) pede votos para Camilo Santana (PT), internauta que divulgou o vídeo no YouTube descartou nesta quarta-feira, 1º, qualquer envolvimento da coligação do petista no episódio. Em nota enviada ao O POVO, Linivon Oliveira descartou má fé e disse que apenas republicou – em tom de “brincadeira” – um vídeo que encontrou nas redes sociais.

“Agi de iniciativa própria, até considerando o fato como brincadeira, por imaginar que todos identificariam como uma montagem. No tocante, inocento as pessoas do Camilo Santana, Cid Gomes e Ciro Gomes pelo meu ato”, diz.

O internauta disse que aguarda notificação do PT do Ceará para remover o vídeo da internet, mas afirmou que já retirou a montagem do “modo público”. Ele reforça que não teve qualquer participação na elaboração da montagem, que teria encontrado no Facebook.

[SAIBAMAIS 1]Lula neutro

A montagem, que teve grande repercussão nas redes sociais na tarde de ontem, teve sua falsidade atestada pelo PT Ceará e pelo Instituto Lula. Nas imagens, Lula aparece pedindo votos para Camilo. Apesar de correligionários, o ex-presidente tem evitado participar da campanha no Ceará, por conta de sua relação com Eunício Oliveira (PMDB).

 

Segue íntegra da nota do internauta:

A título de esclarecimento, eu, Linivon  Oliveira, declaro que o vídeo postado no YouTube, contendo uma montagem do Ex-Presidente Lula  pedindo votos para o candidato Camilo Santana, foi extraído da internet, e que eu sou responsável apenas por hospedá-lo no youtube. Tendo em vista a repercussão do vídeo e os eventuais comentários negativos na mídia e nas redes sociais, afirmo que assumo quaisquer responsabilidade pela hospedagem no youtube, complementando que agi de iniciativa própria, até considerando o fato como brincadeira, por imaginar que todos identificariam como uma montagem. No tocante,  inocento as pessoas do Camilo Santana, Cid Gomes e Ciro Gomes pelo meu ato falho. 

A ética e a moral prevalecem, não me escondo e estou aqui para responder pelo meus atos.  A campanha do Camilo vem se mostrando ética e respeitosa ao povo cearense, e um vídeo desta natureza não pode mudar o pensamento dos milhares de cearenses que já decidiram votar em Camilo Santana. Extraí o vídeo original de um perfil da rede social, no dia 29 de setembro, às 18h:30min.

Vale ressaltar que eu hospedei o vídeo no youtube na mesma data, depois ás 20h:49. Quero me desculpar com a coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”, especialmente com a pessoa de Camilo Santana, pelo transtorno, e ao povo cearense, pontuando que não agi de má fé, nem tive intenção de prejudicar alguém. Estou aguardando ser notificado pelo partido para excluir o vídeo, mas desde já coloquei privado. 

Redação O POVO Online

TAGS