PUBLICIDADE
Notícias

Datafolha: Em PE, Câmara tem 10% sobre Armando Monteiro

19:50 | 02/10/2014
O candidato do PSB ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara, afilhado político do ex-presidenciável Eduardo Campos, manteve a dianteira sobre o adversário Armando Monteiro Neto (PTB) na quinta rodada do Datafolha, divulgada na noite desta quinta-feira, 2. A diferença entre os dois subiu de 9% para 10%, com indicação de possibilidade de vitória no primeiro turno.

Câmara subiu três pontos em relação á rodada anterior (26 de setembro), alcançando 46%, enquanto Armando Monteiro apareceu com 36%, dois pontos percentuais a mais que na rodada anterior (34%).

Desde a primeira rodada, em 15 de agosto, quando tinha 13% das intenções de voto, o socialista só tem subido. Passou para 36% na segunda (04 de setembro) , para 39% na terceira (10 de setembro) e 43% na quarta, em 26 de setembro. Ele era desconhecido e depois da morte de Campos, num acidente aéreo no dia 13 de agosto, teve rápida ascensão dentro de um clima de comoção que dominou o Estado.

Já o petebista, coligado com o PT, iniciou em franca vantagem, com 47%, caiu para 36% na segunda, para 33% na terceira, recuperou um ponto na quarta - 34% - e agora mais dois pontos (36%). A subida ocorreu quando a campanha de Armando passou a utilizar mais a imagem da presidente Dilma, aproveitando a recuperação da presidente nas pesquisas

Numa simulação de segundo turno, Paulo Câmara teria 48% e Armando Monteiro Neto 40%, mantendo desempenho similar à anterior quando tiveram, respectivamente, 45% e 37% - mesma diferença de 8%.

O índice de rejeição dos dois candidatos subiu 3% pontos percentuais cada um - 17% Paulo Câmara e 23% Armando Monteiro - mantendo a mesma proporção da rodada anterior, quando o socialista tinha 14% e o petebista 20%.

Para o Senado, o candidato do PT, deputado federal João Paulo, ex-prefeito do Recife, mantém a dianteira. Iniciou com 43%, foi para 35%, 34% , subi para 37% e agora aparece com o mesmo percentual de 37%. O ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB), tinha 16%, passou para 24%, 25% , 29% e agora 30%. A diferença inicial, de 27% de um para o outro, caiu para 7%.

A pesquisa, registrada no TRE-PE sob o número 0036/2014, foi realizada nos dias 01 e 02 de outubro e ouviu 1.264 eleitores em 45 dos 185 municípios pernambucanos. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

TAGS