PUBLICIDADE
Notícias

Coordenadores de Eunício, prefeito e presidente da Câmara do Crato rompem politicamente

O desentendimento entre os dois teria ocorrido após o prefeito ter denunciado o vereador por crime eleitoral no 1º turno das eleições deste ano

16:15 | 14/10/2014
O presidente da Câmara Municipal do Crato, Luís Carlos Saraiva (PSL), anunciou nesta terça-feira, 14, rompimento político com o prefeito do Município, Ronaldo Gomes de Mattos (PMDB). O desentendimento entre os dois teria ocorrido após o prefeito ter denunciado o vereador por crime eleitoral no 1º turno das eleições deste ano. Os dois são coordenadores da campanha de Eunício Oliveira (PMDB) na região.

De acordo com a denúncia, Luís Carlos teria sido flagrado em fotografias distribuindo vales de combustível para eleitores. O presidente, no entanto, nega envolvimento. Em resposta, o prefeito disse nesta terça não ter “nada contra” o vereador e desafiou qualquer pessoa a apresentar um documento que comprove ter sido ele o autor da denúncia eleitoral.

[SAIBAMAIS 2]A relação entre os dois já estava estremecida desde o último mês de maio. Isso porque, segundo O POVO apurou, ambos disputam o “reconhecimento” da coordenação política da campanha de Eunício no Crato e região do Cariri.

O estremecimento entre os dois líderes pode inclusive ser uma das causas do mal desempenho do peemedebista no Crato. Mesmo com apoio do prefeito e do presidente da Câmara, Eunício possuiu apenas 24,3% dos votos do Município, contra 72,6% de Camilo Santana (PT).

Redação O POVO Online
com informações do repórter Amaury Alencar

TAGS