PUBLICIDADE
Notícias

Aécio fala sobre 'desejo de libertação dos brasileiros'

13:40 | 24/10/2014
O horário eleitoral reservado ao candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves, foi ao ar nesta sexta-feira, 24, antes da inserção da candidata petista à reeleição, Dilma Rousseff. Ele começou agradecendo os eleitores e disse que, ao viajar pelo País, sentiu o "entusiasmo das pessoas e o desejo de libertação dos brasileiros". O tucano afirmou ainda que os dias atuais têm sido uma "coleção de decepções" para a população.

"Há 30 anos, os brasileiros se uniram em torno do meu avô, presidente Tancredo Neves, para vencer a ditadura e gritaram por todo o País: muda, Brasil", disse o tucano. "Hoje, eu repito a mesma frase: muda, Brasil. A história, você sabe, é feita por pessoas, é feita por todos nós, e hoje está muito claro que nós estamos prontos para iniciar um novo e belo momento em nossa história."

Aécio voltou a exibir declarações de apoio da ex-ministra Marina Silva (PSB), que no primeiro turno da disputa presidencial terminou em terceiro lugar. Também foi exibido o apoio do senador eleito pelo Rio de Janeiro, Romário (PSB), e da viúva do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, Renata.

Marina disse que votará em Aécio porque ele assumiu compromissos de dar sequência às políticas sociais e de defender o meio ambiente. Romário, por sua vez, pediu votos para o tucano afirmando que o presidenciável vai lutar pela "moralização do esporte". Renata se referiu a Aécio como alguém que "representa um conjunto de forças que busca trilhar o caminho da mudança".

Também foi exibido no programa eleitoral do candidato tucano um vídeo no qual o atacante da seleção brasileira Neymar Júnior declara voto em Aécio. O jogador disse se identificar com as preocupações e com as propostas do candidato do PSDB. A publicidade tucana foi encerrada com cenas de atos políticos pró-Aécio em cidades como São Paulo, João Pessoa, Salvador, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

TAGS