PUBLICIDADE
Notícias

Tribunal nega o envio de tropas federais ao Rio

08:40 | 05/09/2014
O Tribunal Superior Eleitoral negou ontem pedido feito pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio para receber auxílio da Força Nacional de Segurança no Estado durante a campanha eleitoral e as eleições de outubro. O TRE solicitou o envio de tropas para ajudar na garantia "da lei e da ordem", mas o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), informou que "não há necessidade" de requisição de reforço até o momento.

O relator do caso no TSE, ministro Henrique Neves, apontou que não havia, no pedido enviado ao tribunal, relatos específicos sobre a necessidade de tropas e ressaltou que é preciso ter a anuência do governo do Estado. Os demais ministros concordaram com o entendimento do relator. Se houver risco futuro, afirmou Neves, a decisão pode ser alterada e a Força Nacional, enviada ao Estado.

Em ofício, Pezão informou que, "em consulta à Secretaria de Estado de Segurança, restou definido que até o presente momento não há necessidade de requisição de Forças Federais para garantir as eleições de 2014". O TRE, no entanto, alega que a própria Secretaria de Segurança lista áreas onde candidatos têm sido impedidos de fazer campanha e aponta que grupos de milicianos e traficantes estariam "coagindo" moradores de comunidades onde estariam ocorrendo crimes eleitorais. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

TAGS