PUBLICIDADE
Notícias

Governo não trata agricultura como deveria, diz Aécio

18:00 | 23/09/2014
O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, afirmou nesta terça-feira, 23, no "Face to Face" promovido pelo Facebook com os presidenciáveis, que a agricultura tem sustentado grande parte do crescimento do País e da geração de empregos. "Infelizmente, o atual governo não a trata como deveria e destruiu alguns setores, como o do etanol, por exemplo", criticou. Na resposta às indagações dos internautas que participam da conversa virtual, o presidenciável tucano disse que é importante apoiar o setor com investimentos em infraestrutura, simplificação do sistema tributário e apoio à inovação. "Tudo isso vai impactar positivamente na competitividade de quem produz no Brasil. Além disso, temos que ter uma política externa que amplie os mercados para aquilo que aqui se produz", emendou.

Questionado sobre o Programa Mais Médicos, uma outra bandeira do governo petista, Aécio Neves disse que dará continuidade ao programa em seu eventual governo, porém, ele não é a solução definitiva para os problemas da área da saúde que o País enfrenta. "No nosso governo, além de acabar com a discriminação em relação aos médicos cubanos que recebem 1/3 do salário dos profissionais de outros países, nós vamos criar a carreira nacional de médicos e outros profissionais da saúde. Além disso, vamos criar 500 clínicas de especialidades em todo o Brasil e teremos um programa para recuperar a saúde financeira das Santas Casas, e vamos ampliar o Programa Saúde da Família", prometeu.

O senador mineiro falou que é candidato à Presidência da República porque acredita que política e decência não são incompatíveis, ao contrário, devem caminhar juntas, quase como irmãs siamesas. "Quero resgatar, na Presidência da República os valores da ética e da honradez, que aprendi muito cedo, na minha própria casa. Estou determinado a lutar com todas as minhas forças para fazer as verdadeiras mudanças pelas quais milhões de brasileiros esperam. Conto com o seu apoio e de cada um dos que nos acompanham neste face to face. Faltam poucos dias, mas dias suficientes para o Brasil começar a escrever uma nova história. Para essa, mas sobretudo, para as novas gerações que estão por vir."

No final do "Face to Face" candidato do PSDB agradeceu o apoio que recebeu dos internautas e disse acreditar que chegou a hora da grande virada em favor do Brasil. "Vamos com fé em Deus e muita determinação. Rumo ao segundo turno!", enfatizou. Em um dis posts, Aécio lembrou de seu avô, o falecido presidente Tancredo Neves, dizendo que se for eleito governará com a mesma retidão e coragem: "Ele tinha, acima de tudo, um enorme amor ao Brasil e se preparou, ao longo de toda a sua vida para superar as dificuldades do seu tempo."Infelizmente, o destino não permitiu que ele assumisse a presidência da República. Se eu vencer essas eleições, pode estar certa, governarei o Brasil com a mesma retidão e coragem que marcaram a trajetória do presidente Tancredo Neves."

Em uma hora de papo virtual, o evento com o presidenciável tucano teve mais de 1,3 mil compartilhamentos, foi curtido por mais de dez mil seguidores e recebeu cerca de 5,7 mil perguntas. Em meio aos posts com suas propostas para o País, o candidato do PSDB ao Palácio do Planalto falou da confiança de que poderá mudar o País. "Vamos em frente, chegou a hora de juntos mudarmos o Brasil", disse ele. E disse que o evento virtual o deixou muito feliz pelo engajamento e apoio que recebeu dos internautas nesta campanha presidencial.

TAGS