PUBLICIDADE
Notícias

Equipe cuidará de incidentes em rede da Presidência

08:50 | 12/09/2014
O governo federal criou nesta sexta-feira, 12, a equipe de tratamento de incidentes de segurança em rede da Presidência da República, a ETIR/PR. A determinação está presente em portaria da Secretaria-Geral da Presidência publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (12).

A nova equipe tem como missão coordenar e realizar a prevenção, o tratamento e a resposta a incidentes de segurança na Rede Computacional da Presidência da República - Rede PR. Isso envolve a rede de dados, voz e imagem gerenciada pela Diretoria de Tecnologia (Ditec) da Secretaria de Administração da Secretaria-Geral da Presidência da República.

A ETIR.PR manterá relacionamento com as Equipes de Tratamento de Incidentes de Segurança em Rede da Administração Pública Federal, e com o Centro de Tratamento de Incidentes de Segurança de Redes de Computadores da Administração Pública Federal (CTIR GOV), e com o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT-BR).

A nova equipe operará sob modelo centralizado, com pessoal dedicado exclusivamente às atividades de tratamento e de resposta aos incidentes de segurança na Rede PR e está subordinada à Coordenação-Geral de Segurança das Informações em Meios Tecnológicos (Cosit) da Diretoria de Tecnologia. Os membros da ETIR.PR serão servidores da Diretoria de Tecnologia. "Em casos excepcionais, as decisões poderão ser executadas imediatamente, dependendo da abrangência, da criticidade, do quantitativo de sistemas ou da comunidade atingida pelo incidente", cita a nova regra.

Serão considerados serviços de gestão de incidentes de segurança em rede o tratamento de incidentes de segurança em rede (notificação, triagem, análise e resposta aos incidentes de segurança em rede, de forma a interromper, impedir ou minimizar o impacto de uma ação maliciosa); divulgação de alertas e avisos de segurança (processo de divulgação de informações sobre ataques, vulnerabilidades de segurança, alertas de intrusão, vírus de computadores e de recomendações relacionadas ao tratamento e prevenção de incidentes) e pesquisas de tendências tecnológicas (prospecção de novas tecnologias para a identificação e prevenção de ameaças de incidentes de segurança em rede).

Recentemente foram noticiadas alterações de perfis de jornalistas na enciclopédia virtual Wikipedia, a partir da rede interna da Presidência da República.

TAGS