PUBLICIDADE
Notícias

Em MG, Dilma e Lula lançam filho de Alencar ao Senado

17:40 | 01/08/2014
A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançam nesta sexta-feira, dia 1º, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, a candidatura de Josué Gomes (PMDB) ao Senado.

Filho do ex-vice-presidente José Alencar, Josué concorre pela primeira vez a um cargo eletivo e tem como principal adversário o ex-governador de Minas Antonio Anastasia (PSDB), favorito nas pesquisas para ficar com a única vaga que o Estado terá ao Senado nas próximas eleições.

Na estratégia para reforçar o nome de Josué junto ao eleitorado, os organizadores da campanha recorreram até ao uso da imagem de José Alencar, falecido em 2011, nos santinhos e painéis de divulgação do candidato do PMDB. Em uma fotomontagem, Josué e o pai aparecem ao lado de Lula, Dilma e Fernando Pimentel, ex-ministro do Desenvolvimento e candidato do PT ao governo mineiro.

Lula participa na tarde desta sexta de um encontro com prefeitos do norte de Minas. O ponto alto da viagem do ex-presidente e Dilma à região, entretanto, ocorre na noite de hoje, a partir das 19h30, com comício em frente à igreja matriz de Montes Claros. Lula queria que o comício começasse mais cedo, mas a igreja da cidade se recusou a cancelar uma missa prevista para as 18h30.

Em entrevista publicada hoje no jornal "A Gazeta de Montes Claros", Lula minimizou os efeitos da inflação na campanha de Dilma. Em longo depoimento, o ex-presidente disse que o País, no seu governo e na atual administração, atingiu boas condições econômicas e que isso será levado em consideração, na sua avaliação, pelos eleitores.

Ele afirmou que a população saberá separar política e futebol durante o processo eleitoral, referindo-se ao fiasco da Seleção brasileira na Copa do Mundo. Em resposta a pergunta sobre a falta de investimentos públicos na região, que é considerada a mais pobre de Minas Gerais, Lula declarou que nos últimos 12 anos o governo federal investiu bem mais que os governos estaduais de Aécio Neves (candidato do PSDB à Presidência da República) e Anastasia.

TAGS