PUBLICIDADE
Notícias

Aliado de Cid acusa prefeito de Sobral de perseguição política

Segundo Oman Carneiro, gestão municipal estaria ameaçando servidores que declararam apoio a ele. Prefeito de Sobral apoia Ivo Gomes à Assembleia

11:57 | 04/08/2014
NULL
NULL

Ex-assessor de Assuntos Federativos do governo do Ceará, Oman Carneiro (PP) acusou a Prefeitura de Sobral – na Região Norte do Estado – de perseguir servidores que teriam declarado apoio à sua candidatura a deputado estadual. Em seu perfil no Facebook, o ex-assessor especial de Cid Gomes (Pros) disse ter recebido ligações de funcionários que estariam sob ameaça de demissão pela gestão.

“Recebi ligações de conterrâneos que optaram por meu nome para deputado estadual e que ocupam cargos na Prefeitura de Sobral que, aqueles que continuarem trabalhando o meu nome, perderão seu emprego, que deveria ser público, mas que nesse caso passa a ser privado”, diz o candidato.

Oman Carneiro é nome próximo de Cid Gomes em Sobral, berço político da família Ferreira Gomes. Por outro lado, o governador também é aliado do atual prefeito do Município, Veveu Arruda (PT) - marido da candidata a vice-governadora Izolda Cela (Pros). No Município, Veveu apoia Ivo Gomes (Pros) a deputado estadual e Leônidas Cristino (Pros) a deputado federal.

A reportagem tentou entrar em contato com o petista, mas chamadas ao seu telefone celular não foram completadas. Já a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sobral afirmou que não se pronunciará sobre o caso. Segundo ela, não existe “qualquer veracidade” nas acusações, que teriam motivações eleitorais.

Redação O POVO Online

TAGS