PUBLICIDADE
Notícias

Propaganda de classificados com Tiririca é suspensa pela Justiça Eleitoral

O próprio partido do deputado federal solicitou a remoção do anúncio por questões eleitorais

15:34 | 16/07/2014
NULL
NULL

O comercial de rádio e de televisão estrelado pelo deputado federal e palhaço Tiririca (PR-SP) foi suspenso, nesta terça-feira, 15, pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). A motivação diz respeito às regras da Justiça Eleitoral que impedem publicidade diferenciada entre candidatos.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a decisão liminar do desembargador Cauduro Padin afirma que a exibição do anúncio em período eleitoral fere a "igualdade e isonomia" entre os candidatos. A proibição do comercial foi solicitada pelo próprio partido do cearense.
[SAIBAMAIS 2]
Propaganda
Tiririca - que foi o deputado federal mais votado em 2010 - protagoniza um filme publicitário do site de classificados bomnegocio.com. Outros artistas famosos pelos anúncios são os cantores Cumpadre Washington e Supla.

Segundo a Folha, o PR afirmou que a campanha foi feita para ser veiculada no primeiro semestre, no entanto o lançamento só aconteceu na terça-feira, 15, sem diálogo com o partido. Por lei, emissoras de rádio e de TV não podem dar tratamento diferenciado a partidos ou candidatos em sua programação. Da mesma forma, não podem ser transmitidas atrações apresentadas por candidatos.

[VIDEO1]
O TRE determinou que o anúncio seja suspenso após notificação da agência responsável que terá 48 horas para defesa. A empresa responsável pelo anúncio afirmou que em breve enviará comunicado, segundo o site Meio e Mensagem.

Redação O POVO Online

TAGS