PUBLICIDADE
Notícias

Vereador denuncia apadrinhamento e nepotismo em Comissão de Licitação da Prefeitura

Segundo o petista, pelo menos 59 pessoas ligadas ao ex-prefeito de Chorozinho, Ailton Lima, estariam empregadas no grupo. Gastos vão até R$ 174 mil

12:12 | 26/06/2014
NULL
NULL
O vereador Ronivaldo Maia (PT) denunciou nesta quinta-feira, 26, que 59 pessoas ligadas ao ex-prefeito de Chorozinho, Airton Lima, ocupam hoje cargos na Comissão de Licitação de Fortaleza. Segundo o petista, o grupo é presidido pela cunhada do ex-prefeito – aliado de Cid Gomes (Pros) e derrotado na eleição de 2012 –, Geovania Sabino, e incluiria diversos parentes de ambos, bem como todo o gabinete da antiga gestão de Chorozinho.

“Nós temos a cunhada do ex-prefeito, Geovana Sabino como presidente da Comissão de Licitação e trabalham nessa Comissão nada mais nada menos do que três irmãs dela, dois sobrinhos e até a noiva do sobrinho. Isso sem contar o esposo dela, que trabalha no gabinete do prefeito e o irmão dela na Procuradoria Geral do Município

Segundo Ronivaldo Maia, apenas 38 dessas 59 nomeações custariam R$ 174,4 mil ao mês para os cofres municipais. “E temos informações de que muitos deles só passaram a dar expediente recentemente, após denúncias apresentadas nesta Casa”, diz.

“Trago a esta tribuna a verdadeira oligarquia instalada dentro da Comissão de Licitação de Fortaleza, onde Roberto Cláudio trouxe o velho apadrinhamento político do interior para a capital”, pontuou. Para cobrar explicações sobre o caso, o petista apresentou requerimento convocando o chefe de Gabinete do prefeito, Prisco Bezerra, para a Câmara.

O POVO procurou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Fortaleza para comentar o caso. Até o presente momento, no entanto, não houve resposta oficial da gestão.

Redação O POVO Online
com informações da CMFor

TAGS