PUBLICIDADE
Notícias

Projeto de Lei torna obrigatória a leitura da Bíblia em escolas públicas e privadas de Fortaleza

O projeto de lei do vereador Mairton Felix (DEM) busca enriquecer o conhecimento cultural e geográfico dos alunos a partir dos fatos da bíblia. Felix diz que o projeto é de cunho educacional, não religioso

14:19 | 23/06/2014

A leitura da Bíblia nas instituições públicas e privadas de ensino de Fortaleza poderá se tornar obrigatória. O projeto, criado pelo vereador do partido Democratas (DEM), Mairton Felix, foi autorizado pelo Plenário e encaminhado para a Comissão de Legislação, Justiça e Cidadania do município, para ser votado nos próximos dias.

No projeto, o vereador ressalta que o Estado é laico, e afirma que não fere a Constituição Federal no que trata da liberdade de religião.  Felix comenta que o projeto tem a finalidade de enriquecer também os conhecimentos científicos dos alunos. “Os conhecimentos norteiam as atitudes humanas e até servem para consulta de cientistas, como exemplo de Galileu”.

O autor ainda diz que o projeto é de cunho educacional e não religioso. “A leitura bíblica proporcionará aos alunos fundamentos históricos e a sua inciativa não se contrapõe ao Estado laico”. Ele acrescenta que proibir isto é uma intolerância. “Proibir a leitura bíblica nas escolas é uma intolerância que leva ao preconceito e um ato de discriminação”.

Após publicar o projeto no Facebook, o vereador recebeu comentários a favor e contra a ação. A publicação já conta com mais de mil compartilhamentos e mais de 300 curtições.

Veja a íntegra do projeto aqui.

Veja a publicação da Câmara Municipal de Fortaleza.

Redação O POVO Online

TAGS