PUBLICIDADE
Notícias

Justiça indisponibiliza bens de prefeito acusado de pagar publicidade para promoção pessoal

12:03 | 11/06/2014
A Justiça do Ceará determinou a indisponibilidade de bens do prefeito de Guaraciaba do Norte, Regivaldo Melo Cavalcante, em até R$ 19,8 mil. A sanção ocorre após ação movida pelo Ministério Público do Estado (MP-CE), que acusa o gestor de utilizar recursos públicos para promoção pessoal. Segundo denúncia do promotor Italo Souza Braga, o prefeito estaria gastando dinheiro público para pagar propagandas suas em um jornal local.

O bloqueio ocorre enquanto o juiz da comarca de Guaraciaba do Norte analisa se Regivaldo terá que ressarcir os cofres públicos pela irregularidade. Além da indisponibilidade de bens, foi expedido ao Detran-CE ofício em busca de veículos em nome do prefeito.

Segundo Italo Souza responsável pela denúncia, reiteradas publicações em promoção do prefeito foram pagas ao jornal local “O Guarany”, no valor de R$ 19,8 mil. O promotor reforça que a prática ofende princípios da impessoalidade, moralidade, legalidade, entre outros previstos para a administração pública.

O POVO tentou entrar em contato com a Prefeitura de Guaraciaba do Norte através dos telefones institucionais da gestão, mas ligações não foram completadas.

Redação O POVO Online
com informações do MP-CE

TAGS