PUBLICIDADE
Notícias

Gabrielli isenta Dilma de responsabilidade por Pasadena

12:30 | 20/05/2014
O ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse nesta terça-feira, 20, que a presidente Dilma Rousseff não pode ser responsabilizada individualmente pela compra de uma refinaria em Pasadena, no Texas (EUA), aprovada pelo conselho de administração em 2006, quando a então ministra Dilma era a presidente do grupo de conselheiros.

"Não considero a presidente Dilma responsável pela compra de Pasadena. A decisão é da diretoria e do conselho de administração da Petrobras. É um processo que não é individualizado, é coletivo", afirmou.

Gabrielli classificou Dilma como uma pessoa "muito firme" e "extremamente competente", mas afirmou que não poderia dizer se a então ministra da Casa Civil concordaria com a posição atual da presidente da República, de que não aprovaria hoje a compra da refinaria.

Dilma alega que a decisão sobre a compra foi tomada com base em um sumário executivo "falho" elaborado pela diretoria internacional da Petrobras. "Não posso estimar hoje qual seria a posição do conselho de 2006 se a presidente colocasse a posição que está colocando hoje", disse.

TAGS