PUBLICIDADE
Notícias

Em defesa de RC, deputados culpam gestão Luizianne por atrasos em obras da Copa

Minimizando responsabilidade da gestão RC, deputados criticaram percentual de obras tocadas na gestão passada. Heitor Férrer contestou as críticas

15:21 | 02/05/2014
NULL
NULL

Com grande parte das obras para Copa do Mundo atrasadas em Fortaleza, aliados de Cid Gomes (Pros) na Assembleia responsabilizaram nesta sexta-feira, 2, a ex-prefeita da Capital, Luizianne Lins (PT), pela demora nas ações voltadas para o evento. “Ela não teve projetos nem competência para realizar a construção de equipamentos”, disse o deputado Osmar Baquit (PSD), minimizando culpa de Roberto Cláudio (Pros) nos atrasos.

Atacando o percentual de obras da gestão petista, Baquit disse que grande parte das ações entregues só foram concluídas porque o governo do Estado “injetou recursos” na Prefeitura. O deputado criticou ainda “politicagem barata” no grande número de cidades-sede escolhidas para sediar o evento. Segundo ele, seriam necessárias apenas oito das 12 sedes escolhidas para os jogos.

[SAIBAMAIS 2]O vice-líder do governo na Casa, Júlio Cesar Filho (PTN) também criticou a gestão Luizianne. “Só não está em situação melhor (a infraestrutura de Fortaleza) porque, desde 2007, não foram adotadas as medidas necessárias pela Prefeitura na época Luizianne Lins”, disse.

Quem saiu em defesa da ex-prefeita foi o deputado Heitor Férrer (PDT). Segundo ele, não se “partidarizar” a discussão dos atrasos, pois a responsabilidade das obras é da Prefeitura – independente de quem está no cargo. “O atual prefeito já está como prefeito há 14 meses, e tem também a sua responsabilidade”, disse.

Relatório de obras

Na manhã desta sexta-feira, o deputado Heitor Férrer também requisitou relatório sobre estado das obras da Copa ao grupo da Assembleia que acompanha as ações. Segundo ele, apenas o Estádio Castelão está concluído.

Ele cita outras obras de responsabilidade do governo do Estado que não foram terminadas, como ampliação do aeroporto Pinto Martins, readequação do entorno do Castelão, Porto do Mucuripe, Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e Metrô de Fortaleza.

Redação O POVO Online
com informações da AL-CE

TAGS