PUBLICIDADE
Notícias

TSE nega liminar a prefeito cassado de Itaitinga

Com a decisão, o novo prefeito Nilson de Lima (Pros) permanece no cargo até a conclusão do julgamento dos recursos do ex-gestor

11:03 | 30/04/2014
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu nesta terça-feira, 29, pedido de liminar do ex-prefeito de Itaitinga, Abel Cercelino (PPL), cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) no início de abril. Com a decisão, o novo prefeito Nilson de Lima (Pros) permanece no cargo até a conclusão do julgamento dos recursos ex-gestor.

A decisão foi emitida na noite desta terça, pelo ministro Otávio Noronha. Abel Cercelino pedia mandado de segurança para voltar à Prefeitura, após Acórdão do pleno do TRE o remover do cargo. Apesar de indeferido o mandado de segurança, recurso de Abel Cercelino ainda tramita na Corte Superior.

[SAIBAMAIS 2]Em 7 de abril, pleno do TRE condenou o ex-prefeito por abuso de poder econômico nas eleições municipais de 2012. Abel Cercelino e seu vice já haviam sido cassados pelo Juiz da 57ª Zona Eleitoral, em Ação de Investigação Judicial, porém permaneceram no cargo por liminar.

O POVO tentou entrar em contato com a assessoria do ex-prefeito, mas não obteve êxito. O telefone encontrava-se fora da área ou desligado.

Redação O POVO Online
com informações do Blog do Eliomar

TAGS