PUBLICIDADE
Notícias

PSB do Ceará entra com ação contra Eunício e pesquisa Vox Populi/CNT

Segundo o partido, pesquisa teve intenção de comprometer o processo ao apresentar Nicolle Barbosa, pré-candidata ao governo, como postulante ao Senado

10:50 | 01/04/2014

O PSB do Ceará entrou com ação nesta segunda-feira, 31, contra o senador Eunício Oliveira (PMDB) e a primeira pesquisa eleitoral deste ano no Estado, divulgada pela Vox Populi/CNT no início de março. Segundo o partido, pesquisa teve intenção “deliberada” de comprometer o processo, ao apresentar a pré-candidata do PSB ao governo do Estado, Nicolle Barbosa, como postulante ao Senado.

No pedido de liminar, o partido argumenta que, ao apresentar Nicolle como candidata ao cargo errado, a pesquisa manifestou “deliberado propósito” de favorecer o senador Eunício Oliveira na disputa. “O objetivo da pesquisa é claro e gravemente comprometedor da normalidade da disputa: facilitar a investida da candidatura apontada como vitoriosa nas bases eleitorais”, diz nota da legenda.

[SAIBAMAIS 2]“Trata-se de discriminação contra a mulher e abuso de direito a justificar toda sorte de reparação”, segue argumentação do PSB cearense. Na ação, o partido pede inelegibilidade de todos os responsáveis e favorecidos pelo “ilícito”, que colocaria o Estado, segundo nota da legenda, como “discriminador da participação feminina na disputa política”.

Na pesquisa Vox Populi/CNT divulgada em março, apesar de ser pré-candidata ao governo, Nicolle Barbosa aparece com 1% das intenções de voto ao Senado, contra 44% do ex-senador Tasso Jereissati (PSDB). Ela lidera, no entanto, índice de rejeição, com 11%. Na pesquisa do governo, onde Eunício Oliveira lidera todos os cenários, Barbosa não é incluída.


mais informações em instantes
Redação O POVO Online

TAGS