PUBLICIDADE
Notícias

Após aumento da tarifa, vereador quer abrir CPI para investigar Coelce

Joaquim Rocha diz receber uma série de reclamações com relação à companhia, como suspensões de energia sem aviso prévio

12:55 | 17/04/2014
O vereador Joaquim Rocha (PV) já possui assinaturas suficientes para protocolar, junto a Câmara Municipal de Fortaleza, pedido de CPI para investigar supostas irregularidades no funcionamento da Coelce. Até a noite desta quarta-feira, 16, o parlamentar possuía 23 assinaturas para abrir o grupo. Ele afirma que vai oficializar a CPI da Coelce nos póximos dias.

Nos últimos dias, a Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou aumento de 16,55% nas tarifas cobradas pela Coelce no Estado. “A população do Ceará está sofrendo por conta da irresponsabilidade com a Coelce. Vai acontecer o pior, e que este se estenda aos colegas deputados”, diz vereador.

Joaquim Rocha diz receber uma série de reclamações com relação à companhia, como suspensões de energia sem aviso prévio. O vereador já havia apresentado, no final do ano passado, proposta semelhante de CPI, mas adiou o pedido após conversar com a diretoria da empresa. Segundo ele, a Coelce teria se comprometido a resolver os problemas denunciados.

O POVO tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa da Coelce, através dos contatos disponibilizados na página da companhia. Todas as chamadas para os três ramais disponíveis não foram atendidas.

Redação O POVO Online
com informações da CMFor

TAGS