PUBLICIDADE
Notícias

Vereador Ronivaldo tem declaração de pobreza indeferida pela Justiça

O parlamentar, que tem salário mensal superior a R$ 11 mil, esclareceu a ação durante discurso na Câmara Municipal

12:04 | 13/03/2014
NULL
NULL

O vereador de Fortaleza, Ronivaldo Maia (PT), teve indeferida, pelo juiz Demetrio Saker, da 10ª Vara da Fazenda Pública, a declaração de pobreza para se eximir do pagamento dos custos para dar entrada em um processo para embargar a construção do binário entre as avenidas Desembargador Moreira e Dom Luis.

Ronivaldo Maia, em discurso na Câmara Municipal, na manhã desta quinta-feira, 13, explicou que utilizou do recurso porque o horário em que a ação foi protocolada impedia o recolhimento das taxas do processo.

“Para tentar impedir o início das obras, protocolei, às 20h45, através do meu advogado, uma ação ordinária requerendo uma liminar. Como o Plantão Judiciário só funciona até às 21h, usamos esse expediente, já que o horário inviabilizava a geração de um boleto para recolhimento das custas processuais”, afirmou Ronivaldo em nota lida no plenário.

> Confira o discurso do vereador a 1h40min

[VIDEO1] 

Declaração
Vereador de Fortaleza pelo sexto ano consecutivo (além de mais dois anos do cumprimento do mandato 2013/2016) e com salário mensal superior a R$ 11 mil, o também professor Ronivaldo Maia (PT) entrou com uma “Declaração de Hipossuficiência” na Justiça, ao responder a um processo, o que gerou polêmica nas redes sociais.

[FOTO2]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação O POVO Online
com informações do Blog do Eliomar

TAGS