PUBLICIDADE
Notícias

Vereador Adail Júnior retira nota de repúdio à Marcha da Maconha

A defesa da Marcha da Maconha e da liberação da droga provocou discussões com vereadores contrários ao tema

15:48 | 23/05/2013
A Câmara dos Vereadores de Fortaleza recebeu, nesta quinta-feira, 23, um pedido de requerimento do vereador Adail Júnior (PV) de um voto de repúdio à Marcha da Maconha. Durante pronunciamento pela manhã, Adail apresentou posição contrária à realização do evento em Fortaleza, após o vereador Ronivaldo Maia (PT) ter divulgado na tribuna a manifestação que acontece no próximo domingo, 26. O pedido de requerimento, no entanto, foi retirado da pauta por Adail.

Ronivaldo destacou a falta de conhecimento sobre a descriminalização da droga e cobrou que a Casa debatesse mais sobre o tema. O vereador João Alfredo (PSOL) apoiou a fala do petista e pontuou que a marcha não realiza uma apologia às drogas e sim, esclarece o debate sobre o assunto.

A defesa da Marcha da Maconha provocou discussões com vereadores contrários ao tema. Marcos Aurélio (PSC) destacou que o partido é contra questões como: aborto, apologia às drogas e casamentos homoafetivo. “Se liberar a maconha não vai resolver coisa alguma, não resolve, não minimiza. O que resolve é educar nossos jovens e crianças. Temos que defender é a família”, disse.

Redação O POVO Online

TAGS