PUBLICIDADE
Notícias

Superintendentes da Pesca são do partido do ministro Crivella em 16 estados

A situação se estende ao Ceará; nesta terça-feira, líder do MD na Câmara entrou com representação contra o caso

10:54 | 15/05/2013

Em mais da metade dos Estados brasileiros, os superintendentes federais de Pesca e Aquicultura são filiados ao PRB, partido do ministro Marcelo Crivella. A situação se estende ao Ceará, onde Emanuel Robson de Oliveira Simões (PRB) ocupa a posição. A superintendência é o órgão que representa o Ministério da Pesca nos Estados. As informações são do jornal O Globo.

No caso cearense, o superintendente de Pesca, Emanuel Robson, é filiado ao PRB e tomou posse inclusive com cerimonia presidida por um deputado da legenda, pastor Ronaldo Martins. Além dele, ocupa cargo no alto escalão da pesca outro cearense filiado ao partido, o atual secretário nacional da Pesca, Flávio Bezerra.

[SAIBAMAIS 3]Nesta terça-feira, 14, o líder do Mobilização Democrática (MD) na Câmara, Rubens Bueno, entrou com representação na Comissão de Ética Pública, da Presidência da República, para que o caso seja analisado. Ao O Globo, a assessoria de imprensa do Ministério da Pesca afirmou que o Crivella avalia a situação como “natural”. “Quando um partido é escolhido para administrar um ministério sempre procura entre seus quadros os melhores profissionais”, diz.

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), superintendentes do Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Roraima e Rio Grande Sul são filiados ao partido de Crivella. No Pará, por exemplo, a filiação ocorreu menos de um mês após o superintendente ser indicado. O presidente da Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA) virou presidente do PRB no Rio Grande do Norte.

TAGS