PUBLICIDADE
Notícias

TCE pede que Estado preste esclarecimentos sobre valor pago a Ivete Sangalo

10:38 | 31/01/2013
O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Valdomiro Távora, assinou, na tarde desta quarta-feira, 30, ofício no qual pede ao secretário da Casa Civil do Estado, Arialdo Pinho, informações sobre a justificativa do preço pago pela contratação da cantora Ivete Sangalo. O pedido de novos esclarecimentos foi sugerido a Valdomiro pela 7ª Inspetoria de Controle Externo do TCE, ao analisar o recurso apresentado pelo procurador-geral de Contas do Estado, Gleydson Alexandre. A informação é da coluna Política, do O POVO.

O questionamento inicialmente apresentado pelo Ministério Público de Contas (MPC) foi rejeitado pelo vice-presidente do TCE, Pedro Timbó, por recomendação da própria 7ª Inspetoria. Desta vez, quanto ao mérito da ação, os técnicos também sugeriram que o recurso, em parte, seja rejeitado, no que se refere à retenção do pagamento. O entendimento foi de que não há respaldo legal para bloquear o dinheiro para o cachê, uma vez que a apresentação já ocorreu.

Ivete Sangalo se apresentou, no dia 18 de janeiro, na inauguração do Hospital Regional Norte, em Sobral. Quanto ao pedido de esclarecimentos, Arialdo Pinho tem prazo de dez dias para responder.

Na véspera da inauguração do hospital, incomodado com o questionamento apresentado pelo Ministério Público de Contas, o governador Cid Gomes (PSB) se referiu ao procurador-geral Gleydson Alexandre como "garoto que deseja aparecer e fica criando caso".

O Ministério Público Federal, por meio do procurador Oscar Costa Filho, também questionou a apresentação. A ação foi rejeitada pela Justiça Federal, que considerou não ser da sua competência julgar o assunto, por não haver dinheiro federal envolvido.
Redação O POVO Online

TAGS