PUBLICIDADE
Notícias

PTB fecha apoio a Serra para o 2º turno em São Paulo

12:34 | 10/10/2012
O PTB fechou acordo com o PSDB e vai declarar apoio ao candidato tucano à Prefeitura de São Paulo, José Serra, no segundo turno das eleições. De acordo com o presidente estadual do partido, deputado estadual Campos Machado, a aliança foi costurada entre ele e o governador Geraldo Alckmin (PSDB). "Não tinha como deixar de apoiar o candidato dele (Alckmin) pela nossa ligação de amizade", afirmou o deputado.

Campos Machado afirmou que o partido dará um "apoio integral, sem dissidências" ao PSDB. "Será um trabalho como se fosse o nosso candidato à Prefeitura, iremos para as ruas, teremos eventos todos os dias. O partido vem como um todo", garantiu. Campos Machado afirmou que os quatro vereadores eleitos pela sigla na capital também irão pedir votos para o candidato tucano.

O apoio oficial será declarado nesta quinta-feira, na sede do PTB, na Avenida 9 de julho, zona sul. Para Campos, o segundo turno das eleições vai servir também para medir forças da militância de sua sigla com o PT, do candidato Fernando Haddad. "Quero saber quem tem mais militantes em São Paulo, o PTB ou o PT. É um tira-teima", declarou.

De acordo com Campos, o apoio não inclui a presença do PRB, de Celso Russomanno, na campanha de Serra. O PTB e o PRB foram aliados no primeiro turno e o advogado Luiz Flávio Borges D'Urso, do PTB, foi candidato a vice de Russomanno. "Comuniquei o Marcos Pereira (presidente nacional do PRB) e avisei ele (sobre o apoio ao PSDB). Eles vão tomar a decisão ainda (sobre eventuais apoios). Informei que ele foi um bom companheiro no primeiro turno", ressaltou Campos Machado.

TAGS