PUBLICIDADE
Notícias

PMDB e Chalita formalizam apoio a Haddad nesta terça

20:05 | 08/10/2012
O PMDB e o deputado federal e ex-candidato a prefeito de São Paulo Gabriel Chalita devem anunciar nesta terça (9) o apoio formal ao candidato do PT, Fernando Haddad, neste segundo turno da eleição paulistana. O acordo será formalizado no escritório do vice-presidente da República, Michel Temer, na Capital, em reunião prevista para as 18 horas, que depende apenas da confirmação do seu deslocamento para São Paulo.

As negociações entre as cúpulas do PMDB e do PT no Estado foram coordenadas pelo próprio Temer. Em troca do apoio do PMDB e de Chalita, que teve 833.255 mil votos no primeiro turno, o partido pedirá a declaração do voto dos petistas aos candidatos peemedebistas no segundo turno das cidades paulistas de Sorocaba e Guarujá.

Em Sorocaba, o ex-prefeito Renato Amary (PMDB) obteve 39% dos votos válidos no primeiro turno e disputa o segundo turno com Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), que conseguiu 35,6%. Já no Guarujá, a atual prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB) conseguiu 49,65% dos votos e disputará o segundo turno com Farid Madi (PDT), que obteve 35,34%.

Segundo o presidente do PMDB paulista, deputado estadual Baleia Rossi, o apoio recíproco entre os dois principais partidos da base aliada "é uma tendência natural" nas cidades onde não se enfrentam no segundo turno. Em São Paulo, apenas em Mauá há essa disputa: Donisete Braga (PT) e Vanessa Damo (PMDB) serão os adversários no próximo dia 28.

Balanço parcial do PMDB aponta que o partido elegeu 88 prefeitos no primeiro turno em São Paulo, ante 68 na eleição de 2008, bem como fez 78 vices, contra 52 na eleição municipal passada. "A expectativa é que cheguemos a 90 prefeitos e a 80 vices na eleição deste ano", concluiu Rossi.

TAGS