PUBLICIDADE
Jornal

VERSÃO IMPRESSA

Secretário-geral da OEA pede por mais sanções contra a Venezuela

04/01/2018 17:00:00
O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, disse ser a favor de sanções adicionais contra funcionários e contra o sistema financeiro da Venezuela para que o presidente do país, Nicolás Maduro, seja forçado a conduzir eleições imparciais.

"O caminho diplomático que vem adiante é o caminho das sanções e das negociações sérias para a redemocratização", disse Almagro a repórteres na sede da OEA. "Tem que haver sanções cada vez mais duras que permitam que o regime venezuelano estruture um processo eleitoral claro", afirmou.

Almagro se disse a favor de aumentar as sanções não somente contra funcionários do governo, como também contra o sistema financeiro do país sul-americano. Além de ter congelado bem e suspendido vistos de dezenas de funcionários venezuelanos, o governo de Donald Trump proibiu que empresas americanas façam novos empréstimos à Venezuela por considerar que Caracas violou os direitos humanos durante os protestos contra o governo que deixaram mais de 120 mortos no ano passado. Fonte: Associated Press.

Agência Estado

TAGS