Soldado israelense é condenado por morte de palestino desarmado
PUBLICIDADE
Notícias


Soldado israelense é condenado por morte de palestino desarmado

09:00 | 04/01/2017
Um tribunal militar de Israel condenou nesta quarta-feira o sargento israelense Elor Azaria pela morte de um homem desarmado na Cisjordânia em março de 2016 , um caso que dividiu o país.

No incidente, Abdul Fattah al-Sharif atacou o sargento e um grupo de soldados com uma faca. Os militares desarmaram o palestino e atiraram quando não

O caso chacoalhou o cenário político israelense, país em que o Exército é uma instituição bastante venerada e o governo é composto por muitos parlamentares que apoiaram a atitude do soldado. Em maio, Moshe Ya'alon renunciou ao cargo de Ministro da Defesa, em parte por seu apoio a Azaria.

O painel composto por três juízes, no entanto, julgou que Azaria não era mais uma ameaça e que foi "desnecessariamente" morto. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS