PUBLICIDADE
Notícias

China instala armas em ilhas artificiais em região marítima disputada

08:30 | 15/12/2016
A China instalou artilharia antiaérea e outras armas em todas as sete ilhas artificiais que construiu em uma região disputada do Mar do Sul da China, de acordo com imagens de satélite analisadas por um think tank dos Estados Unidos.

Segundo a Iniciativa para a Transparência Marítima na Ásia (AMTI, na sigla em inglês), a China instalou armas nos locais a despeito da promessa do presidente Xi Jinping de não militarizar as ilhas, que ficam no arquipélago de Spratly, uma região disputada com Taiwan, Vietnã, Malásia, Brunei e as Filipinas.

O relatório chega após o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, sugerir neste mês que poderia enfrentar a China em questões comerciais e o status de Taiwan. Ele também acusou o país de construir um "enorme complexo militar" no Mar do Sul da China.

A construção de ilhas artificiais nos últimos três anos fez com que os Estados Unidos e outros aliados asiáticos expressassem abertamente a preocupação de que Pequim esteja expandindo sua presença militar na região para reforçar suas ambições territoriais sobre a região, por onde passa boa parte do comércio mundial marítimo.

Segundo a AMTI, a China construiu pistas aéreas com capacidade para acomodar aviões militares nessas ilhas, bem como outros sistemas de armas.

O Ministério da Defesa da China não comentou o assunto. Fonte: Associated Press.

TAGS