Participamos do

Acusado de estupro, lateral francês Benjamin Mendy se declara "não culpado" em audiência

11:57 | Mai. 23, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O lateral-esquerdo francês Benjamin Mendy, do Manchester City, se declarou "não culpado" de estupro e agressão sexual em audiência em um tribunal no Reino Unido nesta segunda-feira.

O jogador, de 27 anos, foi acusado por seis mulheres de estupro, tentativa de estupro e agressão sexual, casos que teriam acontecido entre outubro de 2018 e agosto de 2021 em sua casa no condado de Cheshire.

Depois de ter passado vários meses em prisão preventiva, Mendy foi libertado no início de janeiro e colocado sob controle judicial enquanto espera o julgamento de seu processo, que deve começar no dia 25 de julho.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O caso foi aberto no final de agosto de 2021, quando o Manchester City suspendeu o jogador, sem dar explicações.

A justiça britânica depois anunciou que ele tinha sido preso acusado de quatro estupros e uma agressão sexual por três mulheres, entre elas uma menor de idade.

Revelado pelo Le Havre, Mendy se destacou pelo Olympique de Marselha e passou pelo Monaco antes de chegar ao Manchester City, em 2017, após uma transferência de 61,4 milhões de euros, tornando-se então o defensor mais caro da história.

No entanto, sua carreira foi prejudicada por uma sequência de lesões. Além disso, sua vida extracampo nem sempre foi exemplar.

Em 2020, os emplacáveis tabloides informaram a apreensão de sua Lamborghini, avaliada em mais de 500 mil euros, que dirigia sem permissão nem seguro.

mpa/psr/cb

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar