Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Ativistas levantam em Cannes faixa com nomes de 129 mulheres assassinadas

13:57 | Mai. 22, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Uma faixa com os nomes de 129 mulheres assassinadas na França desde o último festival de Cannes foi estendida por feministas no tapete vermelho do evento neste domingo (22).

A ação coincidiu com a exibição de um documentário sobre feminicídios, apresentado à tarde no concurso.

As 129 vítimas são as mulheres que morreram na França desde julho de 2021, quando foi realizado o último festival. Nomes como Angélique, Evelyne, Sofya, Nadia, apareciam escritos em preto na longa e estreita faixa branca, que ocupou lentamente os tradicionais degraus do Palais des Festivals, levantada pelas ativistas do coletivo francês "les colleuses".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Algumas das ativistas, vestidas de preto, ergueram os punhos no topo da escada e acenderam sinalizadores pretos.

A cena foi imortalizada pelo fotógrafo francês Raymond Depardon, cujo filho Simon fez, com Marie Perennès, o documentário "Riposte féministe", que mostra ativistas pregando cartazes durante a noite nos muros das cidades francesas, denunciando a violência contra as mulheres.

may-jp/jz/mb/ap

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar