Participamos do

Enviado dos EUA reúne-se com diplomata talibã e pressiona por direitos das mulheres

16:37 | Mai. 21, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O enviado especial dos Estados Unidos ao Afeganistão reuniu-se com o chefe da diplomacia dos talibãs neste sábado (21) e reforçou a oposição internacional ao tratamento do grupo dirigido a mulheres e meninas.

Desde que retornaram ao poder no ano passado, os talibãs impuseram duras restrições à sociedade civil, muitas voltadas aos direitos vigentes de mulheres e menins.

No começo deste mês, o líder supremo afegão determinou que mulheres se cobrissem totalmente em público, incluindo seus rostos, idealmente com a tradicional burca.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"As meninas precisam voltar à escola, as mulheres, ter liberdade de circulação e trabalho sem restrições para o progresso da normalização das relações", escreveu o enviado especial americano ao Afeganistão, Thomas West, no Twitter, a respeito de seu encontro no Catar com o ministro das Relações Exteriores talibã, Amir Khan Mutaqi.

Os dois também conversaram sobre a estabilização econômica no Afeganistão e preocupações sobre ataques contra civis, acrescentou West.

O país vive à beira do desastre econômico, depois que vários países congelaram os bens afegãos no exterior e cortaram a ajuda.

"Os diálogos vão continuar em apoio ao povo afegão e a nossos interesses nacionais", escreveu West em sua postagem.

md/kir/mvv

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar