Participamos do

Em conversa com Scholz, Putin acusa Ucrânia de bloquear negociações de paz

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, acusou a Ucrânia de bloquear as negociações para a resolução do conflito atualmente em andamento entre os dois países. A alegação foi feita durante conversa telefônica com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, segundo comunicado divulgado pelo Kremlin nesta sexta-feira, 13.

Sem apresentar provas, Putin reiterou as acusações de que Kiev comete violações das normas internacionais por meio de "militantes que professam a ideologia nazista", com "métodos terroristas desumanos". Os dois líderes concordaram em manter o contato por diversos canais diplomáticos.

Scholz rechaçou as denúncias de que o nazismo é uma força generalizada na Ucrânia, de acordo com comunicado separado emitido pelo governo alemão. Durante a conversa de 75 minutos, o chanceler exortou Putin a assegurar um cessar-fogo "o mais rápido possível" e a trabalhar por progressos nas negociações de paz.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar